Catadores recolheram 95 toneladas de material reciclável no Carnaval de Salvador

Compartilhe agora mesmo

O Carnaval de Salvador gerou renda para 1.250 catadores de resíduos sólidos que contaram com o apoio da ação “EcoFolia Solidária – O Trabalho Decente Preserva o Meio Ambiente”, desenvolvida pelo Governo do Estado, por meio das secretarias do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte (Setre) e do Meio Ambiente (Sema).

Durante a folia, os trabalhadores recolheram 95 toneladas de alumínio, pet e plástico. O material foi comercializado nas sete centrais do projeto instaladas na Avenida Sete, Barra, em dois locais de Ondina, Politeama, Gamboa de Cima e Nordeste de Amaralina.

“O resultado superou as expectativas iniciais das cooperativas, demonstrando a importância do investimento de R$ 809 mil da gestão estadual na promoção de condições dignas de trabalho, no estímulo à economia solidária e na redução dos impactos ambientais da festa”, destaca o secretário estadual do Trabalho, Emprego, Renda e Esporte, Davidson Magalhães.

Além de possibilitar a venda dos resíduos coletados sem a necessidade de atravessadores, o EcoFolia Solidária forneceu fardamento, equipamentos de proteção individual, três refeições diárias e água aos catadores.

Compartilhe agora mesmo

Deixe uma resposta

Fechar Menu