Painel Salvador de Mudança do Clima convida para submissão de trabalhos

Compartilhe agora mesmo

Até o dia 19 de outubro, pesquisadores e cientistas que trabalham com temas relacionados às mudanças climáticas podem submeter seus artigos para o e-book (livro em formato digital) do Painel Salvador de Mudança do Clima. Inspirada no IPCC da ONU, essa rede lançada pela Secretaria de Sustentabilidade, Inovação e Resiliência (Secis) pretende criar uma agenda climática para a cidade e estimular o desenvolvimento sustentável. Confira o edital e o formulário de submissão no site http: // bit. ly/ painelclimassa.

Os trabalhos devem focar nos eixos referentes às 10 Câmaras Temáticas do Painel: Áreas Verdes, Energia, Eventos Extremos, Gerenciamento Costeiro, Gestão da Água, Inovação para Sustentabilidade, Mobilidade, Resíduos, Resiliência Urbana e Saúde. É possível submeter artigos que contemplem até, no máximo, dois desses eixos.

Aqueles que tiverem seus artigos selecionados serão informados por e-mail até o dia 16 de novembro. O e-book deve ser lançado em 29 de março de 2020, aniversário de 471 anos de Salvador. A quantidade de cópias impressas do livro será limitada.

Rede – O Painel Salvador de Mudança do Clima foi lançado oficialmente na abertura da Semana Latino-americana e Caribenha do Clima (LAC Climate Week), sediada em Salvador no mês de agosto. Essa rede é uma iniciativa da Estratégia de Resiliência de Salvador, documento desenvolvido pela Secis em parceria com o programa 100 Cidades Resilientes, apoiado pela Fundação Rockefeller.

O propósito do Painel é traduzir em comunicação acessível os conhecimentos e possibilidades de soluções de mitigação e adaptação aplicáveis à cidade. Daí a ideia do lançamento de um e-book. Espera-se que os estudos desenvolvidos, assim como o livro, sirvam para a formulação de políticas públicas e facilite às tomadas de decisão por parte do Estado e de iniciativas privadas.

Cada câmara temática da rede é composta por um coordenador especialista e outros pesquisadores da área para juntos desenvolverem estudos sobre o tema proposto. Estes cientistas já atuam na cidade através de diferentes instituições de ensino, como a Ufba, Ifba, Uefs, Unifacs e Fiocruz. Os membros das câmaras temáticas também podem submeter trabalhos para o livro digital, mas serão analisados por avaliadores externos.

Artigo – Os estudos podem ser resultantes de pesquisas concluídas ou em andamento, trabalhos de conclusão de curso, dissertações ou teses. Tem de ser de autoria própria e que já foram publicados em outros periódicos, desde que autorizado e mencionado o local da publicação original. É ainda necessário que os trabalhos sejam enviados em formato eletrônico (.doc ou .docx), seguindo as normas da ABNT. Vale salientar ainda que não serão aceitos trabalhos passíveis de requerimento de patentes

Compartilhe agora mesmo

Deixe uma resposta

Fechar Menu