Bacia do São Francisco é tema de simpósio

Compartilhe agora mesmo


A saúde e a recuperação do “Velho Chico” serão temas de um amplo debate, até sexta-feira, 9, durante o I Simpósio da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, nas cidades de Petrolina (Pernambuco), e Juazeiro (Bahia). O evento, que segue até o dia 9 de junho, foi organizado pelo Fórum de Pesquisadores e Instituições de Ensino Superior da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco e pelo Comitê da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco com o objetivo de aprofundar as discussões sobre o tema “Integrando o conhecimento científico em defesa do rio”.
De acordo com os organizadores, o Simpósio foi estruturado a partir dos eixos temáticos governança, qualidade da água, quantidade da água, recuperação ambiental e dimensão social. E consiste em disseminar os estudos e pesquisas sobre a bacia, baseado na necessidade de se reunir um maior conhecimento da região e aprimorar as intervenções do poder público e do setor privado.
POLÍTICAS PÚBLICAS
Responsável pela Gerência de Zoneamento Ecológico-Econômico do Ministério do Meio Ambiente, o analista ambiental Bruno Abe Saber participará dos debates do Simpósio e, na tarde do dia 7/6, apresentará detalhes sobre a Atualização do Diagnóstico do Macrozoneamento Ecológico-Econômico da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco. Atualmente em elaboração, o zoneamento ecológico-econômico (ZEE) dessa bacia se constitui na principal iniciativa em desenvolvimento pelo governo federal.
De acordo com Bruno Abe Saber, o MacroZEE, ação do Programa de Revitalização da Bacia Hidrográfica do Rio São Francisco, permitirá conhecer as potencialidades e vulnerabilidades ambientais, econômicas, sociais e institucionais da bacia, contribuindo para a formulação e espacialização das políticas públicas.

Compartilhe agora mesmo

Deixe uma resposta