Bitucas de cigarros recicladas tornam-se cadernos e agendas

Compartilhe agora mesmo


De acordo com a Ong Rede Papel Bituca, o resíduo restante do cigarro após o consumo, descartado no solo, pode demorar em média quatro anos para se decompor, sendo um grande problema ambiental nas metrópoles, florestas, campos e até para a vida silvestre e marinha.
Pensando nisso, a Ong desenvolveu, por meio da coleta seletiva de bitucas de cigarro em empresas, restaurantes, bares e outros locais de grande consumo de cigarro, a reciclagem do resíduo, o transformando em produtos de papelaria como cadernos, blocos de notas e agendas.
“As empresas e comércios pagam uma taxa para instalarmos recipientes no local, e após cheios de bitucas, os coletamos . A ação torna-se um selo de sustentabilidade da empresa”, declara Rafael Henrique, gestor do projeto.
Para Rafael, o ideal seria que as pessoas não fumassem, mas já que o vício do tabagismo ainda acomete muitas pessoas, que os resíduos resultantes desse hábito tenham um bom destino.
De acordo com o gestor, os resíduos descartados por fumantes somente na cidade de São Paulo contabilizam diariamente 34 milhões de bitucas. “Daria para encher uma sala de aproximadamente 50 m²”, ressalta o gestor.
Uma das empresas da região que colocou em prática a coleta e ainda ajuda o divulgar o programa é a indústria gráfica Plural, localizada em Santana do Parnaíba.
“Lançamos para todos os nossos profissionais a Campanha de Reciclagem de Bitucas de Cigarro, pois acreditamos que seja uma ótima forma de promover um descarte ecológico dos resíduos”, declara Jeniffer Guedes, engenheira Ambiental da empresa.
De acordo com Rafael, além de agregar valor em todos os pilares da sustentabilidade das empresas, o projeto ainda dispõem de palestras de conscientização sobre o programa, plano de divulgação para estabelecimentos com público rotativo, inclusão da empresa na lista dos estabelecimentos participantes do programa na página digital da Ong e prioridade na compra dos produtos ecológicos feitos de papel bituca.
Para obter mais informações ou participar do programa, ligue para o telefone (11) 2893-4448 ou acesse o site www.redepapelbituca.org.br. (Da Revista Circuito)

Compartilhe agora mesmo

Deixe uma resposta