Cores identificam atividades dos agentes de limpeza em Salvador

Compartilhe agora mesmo

Quem passa por Salvador vê, diariamente, os agentes de limpeza atuando para deixar a cidade limpa e organizada para os quase 3 milhões de habitantes, além dos visitantes da primeira capital do Brasil. E é comum, também, encontrar os 3.830 trabalhadores deste setor em cores diferentes de fardamento. O que (quase) ninguém sabe é que essas cores representam o tipo de atividade de limpeza exercida no dia a dia.

De acordo com a Empresa de Limpeza Urbana de Salvador (Limpurb), a iniciativa contribui bastante para a identificação e logística do serviço. Por exemplo, os agentes que utilizam o fardamento azul atuam na praia. Já os que usam fardamento cinza realizam lavagem de logradouros.

Os agentes de limpeza que operam com a cor laranja fazem varrição de logradouros. Além disso, também tem a cor amarela, que é utilizada pelos agentes de coleta. A cor verde é destinada aos colaboradores dos serviços complementares.

“Tendo em vista a variedade de serviços realizados pela Limpurb, a variação das cores nos uniformes dos agentes de limpeza ajuda a identificar a atividade realizada no local” afirma o presidente do órgão, Leonardo Oliveira.

Agente de coleta há mais de uma década e meia, Edeilton das Virgens, de 57 anos, aprova a iniciativa. ”A distribuição de cores do fardamento para cada setor fica mais fácil e organizado tanto para os colaboradores como para a população”, diz.

A opinião é compartilhada com Jonathan Felipe, 36 anos, que atua há dois anos e meio como operador de roçadeira, utilizando o fardamento da cor verde. “Eu concordo que cada setor tenha suas cores, assim as pessoas podem identificar cada agente de limpeza e as funções que desenvolvem o trabalho dentro da limpeza urbana de Salvador”, declara.
Foto: Bruno Concha/Secom

Compartilhe agora mesmo

Deixe uma resposta