SALVADOR RECEBE PRIMEIRA VIRADA SUSTENTÁVEL

Compartilhe agora mesmo

ParqueSãoBartolomeu.jpg
Parques de Salvador – alguns pouco conhecidos e frequentados pelos soteropolitanos – serão palco da primeira Virada Sustentável Salvador, de 25 a 27 de novembro, com programação gratuita para a população. Jardim Botânico, Parque Costa Azul, Parque da Cidade, Parque de Pituaçu e Parque São Bartolomeu serão os pontos principais na capital baiana que receberão a extensa programação do evento, uma realização do Instituto Fábrica de Florestas em parceria com a Virada Sustentável.
Com a participação de organizações da sociedade civil, órgãos públicos, setor privado, escolas e universidades, além de coletivos de cultura e movimentos sociais, a Virada Sustentável é um grande festival de mobilização e educação para a sustentabilidade. Na programação, estão previstos shows musicais, apresentações teatrais, instalações, exposições, literatura, ações sociais, além de debates e oficinas, todos em torno do tema Sustentabilidade.
“Realizar a Virada Sustentável em Salvador está sendo um desafio e uma grande oportunidade para mostrarmos a quantidade de ações importantes que vêm sendo desenvolvidas pela sociedade civil, o terceiro setor, empresas e instituições públicas locais. O evento, em parceria com o poder público, disponibilizará espaços na cidade para demonstrações das mais diversas que tem a sustentabilidade como foco principal e desejamos, sinceramente, que esta ação gere reflexão e transforme a maneira com que as pessoas percebem o mundo, mais integrador, coletivo, natural e sustentável, visando o bem-estar desta e das próximas gerações”, comenta Álvaro Oyama, Diretor Executivo do Instituto Fábrica de Florestas.
AÇÕES – Fiel ao que apresentará em toda sua programação, a Virada Sustentável também tomará atitudes que visam diminuir o impacto ambiental, como a coleta de lixo eletrônico, vidro e óleo nos locais das atrações e coleta seletiva e gestão de resíduos em parceria com cooperativas. A produção aproveitará a primeira edição do evento, ainda, para fazer um mapeamento de acessibilidade e necessidades especiais para pessoas com deficiência e mapear e estimular o uso de transporte público, compartilhado e alternativo (bicicleta e a pé). Até mesmo os banners do material de comunicação (placas e totens espalhados pela cidade e locais do evento) serão transformados em sacolas ou reutilizados.
“A Virada Sustentável é um festival que procura inspirar o público para uma nova visão de mundo, mais inteligente e sustentável, a partir de uma abordagem positiva e atraente, usando a arte, o lúdico, como ferramentas principais. Realizar uma edição em Salvador sempre foi um sonho para nós”, explica André Palhano, da Virada Sustentável, que contará com Marketing Cultural da Caderno 2 Produções. O evento é apresentado pela Braskem e Governo da Estado da Bahia, com patrocínio da Coelba e Vivo, através do FazCultura. A Virada também conta com o apoio da Prefeitura de Salvador através da Secretaria Cidade Sustentável.
Sobre o Instituto Fábrica de Florestas (IFF)
O IFF foi criado em 2005 para promover o desenvolvimento sustentável e a conservação ambiental da região ao longo do Litoral Norte e do Anel Florestal de Camaçari. A organização é mantida pelo Comitê de Fomento Industrial de Camaçari (Cofic), Cetrel e Braskem. A partir de 2011 expandiu sua atuação e, além do Eco Parque Sauípe, fixou presença nos Parques Municipais das cidades de Duque de Caxias (RJ), Santo André e Paulínia (SP), em parceria com as Prefeituras locais. Ano passado, o Instituto foi convidado pelo Presidente da Comissão de Meio Ambiente do Senado Federal para desenvolver um projeto de recuperação das nascentes do Rio São Francisco e desde julho deste ano se empenha com o projeto Reviveiros Velho Chico.

Compartilhe agora mesmo

Deixe uma resposta